Jovens talentos: o fator curiosidade

Jovens talentos: o fator curiosidade

Muitas vezes, me deparo no trabalho, ou mesmo em sala de aula, com perfis de jovens que dispõem de facilidades para aprendizado em todos os sentidos: tempo para estudar, recurso para pagar bons cursos , e oportunidades de forma em geral.

Não posso dizer, porém (e infelizmente) que todos eles correm atrás de crescimento, mesmo tendo possibilidades em mãos.

Em alguns, falta uma coisa que é fundamental para o aprendizado e desenvolvimento, principalmente na área de Tecnologia da Informação: o prazer em aprender.

Todo profissional de TI já sabe, mas não custa lembrar que, seja este profissional do nicho de desenvolvimento, gestão, redes, especialista em Cloud, não importa.

É cada vez mais necessário aprender todos os dias e manter foco em uma área de interesse, para assim se tornar, continuamente, "bom no que faz".

Existem sim muitas vagas disponíveis hoje e muitas pessoas estão aí para concorrer a estas vagas, porém o que vai definir o diferencial ao contratado ou promovido é aquele "plus" que a pessoa é capaz de trazer, e tudo isso tem a ver com aproveitar as oportunidades que tem em mãos.

O tal prazer em buscar e a vontade de conquistar, algo que eu prefiro chamar de curiosidade: uma espécie de disposição para conhecer novidades.

Ora, quem sabe onde quer chegar, mesmo que encontre dificuldades de qualquer natureza, encontrará na curiosidade a melhor forma de se aperfeiçoar e atingir objetivos.

Ao citar curiosidade, me refiro a procurar o que se deseja saber, correr atrás do que se quer entender, ou assunto que deseja se aprofundar.

Ao ouvir um conceito novo, uma palavra nova, não importa o que seja, o jovem com perfil curioso vai atrás do que necessita e com sagacidade sempre acaba adquirindo o conhecimento.

Conhecimento, não seria preciso dizer, mas: é a base do grande profissional de amanhã e recurso do jovem talento de hoje. É base daquele que se destaca a frente de sua concorrência.

Se posso deixar uma dica pessoal, principalmente a jovens que, assim como eu, estão animados para crescer, conquistar e mostrar sua competência e capacidade no mercado de trabalho é que não se acomodem.

Este é o recado, simples e objetivo, que deixo e sugiro que aproveitem as chances que têm e sigam por mais que encontrem dificuldades.

Como lógica básica de quem quer crescer, tenha em sua mente que capacitação não depende de rios de dinheiro, a capacitação e o conhecimento dependem de seu esforço (principalmente), foco e objetivos bem definidos. Seu sucesso será proporcional ao seu nível de curiosidade.

Pages